Fiverr – Nova estrela no mercado de ofertas de trabalho on-line.

Mercado de freelancers online já tem boa visibilidade e tem dado uma boa amadurecida, mas gostei bastante do Fiverr que tem um modelo onde se cobram US$5 por trabalho ou gig (ou freela!), e que permite criar gigs múltiplas, estimar tempo para atendimento e cobrar extra para apressar um pedido. Teste comprar uma caricatura e foi bem tranquilo, mas gostaria de testar fazer trabalhos online por um tempo. Quem sabe numa das férias… 😉

Advertisements

EY lidera programa em licença maternidade nos EUA

Maryella Gockel, líder de flexibilidade para Américas testemunha no senado americano as vantagens e processos para implantação e melhoramentos de políticas na EY, considerada a empresa líder neste tema entre as grande 4.

http://www.help.senate.gov/imo/media/doc/Gockel.pdf

How does mobile technology help me with daily workflow – part 1

It is well known that we use phones (we don’t even need to name them celular, smartphone or mobile anymore) for different kind of tasks, past time in queues, and mostly whastapping (there is no texting or SMS anymore) and selfing. Come on, every one does some of this one and while, no biggie.
Apart of that I have tried some app sets that let me build some workflows to accomplish very interesting results working together. I’ll show some iOS ones that might have similar Android and Windows apps.
IMG_9731-2014-07-1-19-41.PNG IMG_9734-2014-07-1-19-41.PNG IMG_9738-2014-07-1-19-41.PNG

Take for example some health apps and there are a huge amount of them to be able to list them all. It all started when I got Withings Health Mate blood pressure monitor (BP) device in 2012 which connects via old 30-pin Apple connector (current model is Bluetooth now, way better). It will manage not only you BP history thru the device and manual entrees but allows height, height and sleep measuring with 3rd party apps and devices. For example, it gets calories taken of Runkeeper app and minutes of exercise per period and account for. Runkeeper can have your exercises data pulled from Withings Healthmate and you have a consolidate Cal intake against outtake.

IMG_9741-2014-07-1-19-41.PNG IMG_9742-2014-07-1-19-41.PNG IMG_9743-2014-07-1-19-41.PNG

The third app I use integrated with Healthmate is My Fitness Pal where I register meal’s data like serving size, Cals, vitamins and Proteins. It is a little work to get regular food intake added to the app but when you repeat meal usage in the next few days, you will get suggestions or similar meal.

IMG_9721-2014-07-1-19-41.PNG IMG_9729-2014-07-1-19-41.PNG IMG_9727-2014-07-1-19-41.PNG

So, once you get all added regularly, you can have a good picture of health habits, meal history and some data present to your physician. Does app will not replace their full diagnostics but help provide BP, colesterol intake rate, Cal burn rate and other information. Well, what is next? Apple iOS 8 will have a new set of features these apps can better integrate inside the phone without requiring you to create external accounts to sync data, at the same time it gets standard set of data providers and type. There is huge amount of them to try free and paid with premium services for all. If you have used something similar, other experience, I’d love to hear it.

Vantagem competitiva e benchmarking?

Por que falamos sempre nisso em trabalhos de graduação, pós, reuniões? Parece modismo as vezes. “Faremos benchmarking para melhorar nossas técnicas de construção e engenharia…” mas, isto é catching up com o que fazem os outros, ou o termo horrível “correr atrás do prejuízo”.

Não há como alcançar objetivos desafiadores ou maiores sendo muito conversador ou preocupado com riscos a ponto de empacar iniciativas. Em TI vejo muito dogmas do tipo, “nunca instale uma versão maior .0 de um software, espere a correção”, em alimentação, repete-se o que os outros fazem.

Novamente, vantagem competitiva é logo perdida com as imitações mas dá saída na frente organizações grandes ou empreendedores menores que começam a buscar formas de causar disrupção de mercado ou indústria.

Enquanto a NASA busca contractos lobbistas tradicionais em armamentos, para foguetes que não precisam ir muito longe, Elon Musk da PayPal melhora a cada dia seu projeto na Space X de levar payloads ao espaço usando querosene em motores modernos (sonho do Werner von Braum). Sua companhia garantiu em 2012 contrato de US$1.6bi com NASA para levar 12 voos para a ISS e tirar a dependência dos russos para isso, verdadeiro empreendedor do espírito americano original! Tesla Motors é outro exemplo para carros elétricos de longo alcance e mercado premium por enquanto. mas com planos para espalhar o mercado com modelos menores. Boa briga.

O que me parece certo é arriscar e inovar, em maior grau com um pouco mais de frequência pois cada negócio tem uma dinâmica diferente. Entretanto não espere muito empresas de celulares fizeram para entender que outro tipo concorrente inesperado apareça. Outro exemplo, a Cisco anunciou entrada em mercados de servidores em 2009 e analisando o que montaram até 2013 com computação unificada, virtualização completa de servidores, rede, software, orquestração de processamento e máquinas virtuais e SDN (software defines network), a fez tomar segundo lugar nos EUA. Brasil ainda é mais tímida a participação porque o preço de entrada nesta infra é maior e muitos gestores tem medo de mudança, além do momento econômico mais delicado. Lembro que em 2002 eu já insistia para iniciarmos experiência com virtualização (se podia fazer em casa) e logo após telefonia IP com equipamentos de rede mais capaz. Chegamos tarde demais nos dois e compramos tecnologia no final do ciclo de vida… Apesar de mais barata, não usaremos tanto tempo quanto o que usaríamos se tivéssemos entrado antes, principalmente telefonia IP tradicional.

Empreendendorismo

Olivia Lum fundadora da Hyflux em Cingapura em 1989 foi a primeira mulher a receber o prêmio Empreendedor do Ano da EY em 2011 após passar por algumas crises econômicas, levando a cia de 1600 funcionários a atuar em ambientes complicados na Ásia com sucesso. Conheça mais sobre sua importante contribuição à manutenção da vida através da Hyflux e métodos de de-salinização da água em seu site e mais sobre o tema em http://www.siww.com.sg/founding-sponsors/hyflux

10 livros de tecnocultura para praia? Pode ser mas veja alguns para ler em casa também.

Vi esta lista uns 7 anos atrás no The Register e comprei os 3 primeiros que me pareceram mais interessantes na época. Recomendo bastante o primeiro do editor sênior da Wired, Bruce Sterling, Shaping Things que trata de como evoluímos de uma sociedade agricultora para industrial e apresenta idéia da linha de sem volta (no return em inglês). Simplificando, imagine que um fazendeiro pode evoluir para um marinheiro, mas um marinheiro não pode voltar a ser agricultor e aplique isto em escala global. Isto é a linha de sem volta e o assunto e expande para era da informação e o que temos adiante. Interessante, foi a primeira vez que li sobre a Internet Das Coisas ou IoE em ingles e da rastreabilidade das coisas, ou Gizmos e sua evolução Spimes.

The Sigularity is Near livro do Ray Kurzweil trata da evolução da computação até o ponto onde podemos emular uma pessoa, ou alma se quiserem chamar assim e partir para novo passo na evolução e vida sintética. Enquanto parece muito simples o tema dizendo assim, vale a pena ler resumo sobre o tema, o processo que ele usa para justificar quando isto acontecerá e como. Ray tem como credencial ser um dos pioneiros na síntese de voz e reconhecimento de voz por computadores, fundador da Kurzweil Music Systems e da Kurzweil Applied Intelligence. Foi o criador da idéia da Lei do Retorno Acelerado que diz que cada interação de pesquisa e evolução em poder computacional, podemos investir mais em pesquisa e construção de método mais rápido e repetir o ciclo crescendo ciclo de forma exponencional (até quando não se sabe).

Terceiro livro que li Future Hype trata de contradizer previsões para o futuro, incluindo o livro acima, o que dá uma idéia do que é atingível ou não, pelo menos para os leitores pensarem a respeito. Bob Seidensticker é o autor e experiente em argumentos de realidade.

10 idéias que vão revolucionar o mundo – artigo da Super Interessante.

Aqui tem um artigo sobre coisas, bem na forma de idéias, que vão revolucionar o mundo > http://super.abril.com.br/cultura/10-coisas-vao-revolucionar-mundo-621680.shtml

Algumas eu já tinha lido a respeito, outras não como aliens vivendo na Terra ou cruzamento de humanos com outras espécies, e as discussões animadas que isto gera. Legal saber que a discussão e estimulo a pesquisas continuem, que se tenha vontade de entender melhor diversas áreas de conhecimento e na medida do possível resolver alguns problemas técnicos como fome no mundo (não adianta reclamar que é apenas ganância a causa).